Pesquisa

Satélites Starlink

Você já parou para observar o céu? Já pesquisou sobre o movimento dos astros, estrelas, constelações?

Durante os últimos meses, tanto no Brasil como no exterior movimentos no céu vem chamando atenção de muitas pessoas.

Algumas pessoas pensam ser meteoros, outras cogitam ser treinamentos aéreos, mas nada disso. Podemos pesquisar e encontrar as diferenças destes movimentos. (Segue a baixo alguns exemplos)

Este movimento de luzes que vem chamando atenção seguem um mesmo padrão, mesmo brilho, cor, sequencia e movimento. Sendo algo totalmente padronizado.

A empresa americana SpaceX desenvolveu um projeto para lançar uma sequencia grande de satélites em orbita, chamados de Starlink. Este projeto foi realizado para desenvolver uma plataforma de satélites de baixo custo e alto desempenho para implementar um novo sistema de comunicação baseado na internet.

Esta grande linha de satélites artificiais orbitando em orbita terrestre baixa, formará uma sequencia de rede global de internet banda larga. Os primeiros 60 satélites foram lançados em 23 de maio de 2019, na Flórida.

Desde a data do primeiro envio de satélites, até março deste ano, já foram seis lotes de satélites da Starlink, sendo o quarto apenas em 2020. Até esta data a SpaceX já lançou 360 unidades de satélite, e seu sistema de internet pretende alcançar a marca de 42 mil.

Muitos astrônomos já levantaram temores de que eles interfeririam nas observações visuais e até na radioastronomia.

Onde mais eles podem interferir? O que mais pode ter de objetivo nesses satélites?

Acabam confundindo as pessoas e gerando desinformações.

Starlink FOTOS

Fotos capturadas na noite do dia 03 de abril de 2020 as 18:16h de Campo Grande/MS. Telefone Samsung S9 - ISO 800 - 4,30mm

Clique nas fotos para aumentar e ver o trajeto dos satélites do starlink. Irá aparecer os riscos do movimento nas fotos de longa exposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *